paco_IN_red.jpg
SALAS
1/2
1/2
1/2
1/2
1/2
1/2
1/2

Exibição de Cantos Correntes: Assentos e Obras.

DA AVENIDA PAULISTA À AVENIDA CORRIENTES.

Após assistir a palestra do escritor Jorge Luís Borges no Museu de Arte de São Paulo, o guarda-livros embarca no metrô na estação MASP - Trianon e segue até a estação F. Lacroze, no final da Avenida Corrientes, onde encontra o jovem Borges junto com Adolfo Bioy Casares.

Slide1.JPG

UM DIA DO HOMEM

 

Qual dos dois Jorges era? Eram ambos Borges? O que se extrai do registro de uma viagem, que tem as marcas de um itinerário metroviário percorrido entre a aurora e o crepúsculo, entre São Paulo e Buenos Aires? O dia era 14 de agosto de 1984 ou um dia perdido no mês de janeiro de 1974? Era o dia germinal ou o dia terminal do tempo?

Um_Dia_do_Homem.jpg
1/12
ASSENTOS (Sala 1)

Projeção reconfigurada dos Assentos: atos realizados e contatos percebidos pelos Operadores da confecção-científica autobiográfica Cantos Correntes, a partir dos registros lançados nos e-pergaminhos contábeis e das rotas rastreadas através dos Extratos nos hipercaminhos das infovilas.

OBRAS (Sala 2)

Projeção reconfigurada das Obras: textos, músicas, imagens, vídeos e outras formas de expressão criadas a partir de contatos com Interlocutores, sobre vários Universos de vivência e conhecimento, que repercutem nos Assentos de Cantos Correntes, com diferentes graus de ficção e realidade.